Evite perder dinheiro na sua oficina ou concessionária! [GARANTIDO!]

evite perder dinheiro

Nesta série de post’s, abordamos, em primeiro lugar, os eventos que resultam em perda de dinheiro para o negócio (vazamento de dinheiro, fraude e oportunidades perdidas para venda) e, em segundo lugar, as estratégias que podem ser implementadas para detê-lo.

Vazamentos na concessionária?

Neste post, analisaremos alguns dos lugares mais comuns onde o dinheiro escapa no Departamento de Pós-Venda.

O vazamento de capitais e a fraude são muitas vezes centrados na área de Administração, porque é a área que concentra os movimentos monetários do negócio, mas e o que acontece com as outras áreas?

Durante o último ano, detectamos que muitas das vazões de dinheiro ocorrem nas áreas de Peças e Serviços. Aqui estão alguns casos mais comuns:

Abrir ordens de reparo

Um pedido de reparo pode estar aberto por motivos válidos: um trabalho pendente, uma substituição com falha ou algum atraso lógico … no entanto, uma ordem de reparo aberta também pode ser um potencial vazamento de dinheiro intencional ou não.

De acordo com nossa análise, em uma concessionária média, 100 pedidos por ano são deixados em aberto por razões inválidas.

Em alguns casos, analisamos, o montante envolvido em peças sobressalentes que não são faturadas e os empregos que não são cobrados atingem 5 mil reais por ano.

As ordens são muitas vezes abertas sem querer; Em outros casos, eles podem ser o foco de possíveis fraudes.

Recomendações:

O gerenciamento deve periodicamente auditar as ordens de reparo que permanecem abertas por um tempo incomum.

Transferência de peças sobressalentes

A falta de controle das peças sobressalentes em trânsito pode ser usada para que alguém obtenha benefícios em detrimento da concessionária. Um exemplo é o envio de peças de um armazém que permanecem indefinidamente em trânsito; O destinatário nunca os recebe e as peças estão perdidas ao longo do caminho.

Isso também pode ocorrer sem intenção maliciosa, simplesmente por falhas do processo ou erros operacionais; o dano é o mesmo.

Recomendações:

Controle todas as transferências entre depósitos e outro, verifique se cada voucher de saída tem uma entrada em outro depósito.

Inventário em falta e em excesso de peças sobressalentes

O Departamento de Peças de uma concessionária corre o risco de atingir duas situações críticas. Ambos são perdas de dinheiro para a concessionária.

Falta de estoque: Resulta em perder uma venda e perder um cliente.

Muito estoque: muitas peças não podem ser vendidas como mercadorias obsoletas.

Recomendações:

Identifique as peças sobrando e use estratégias para eliminá-las: promovê-las, oferecê-las aos clientes que as compraram no passado, transferi-las para outro depósito que tenha maior possibilidade de vendê-las. Isso permitirá recuperar pelo menos parte do investimento inicial e espaço livre em depósitos.

Estabeleça uma política de compras com base em estatísticas. Análise detalhadamente os movimentos de compras e vendas de peças sobressalentes para fazer compras inteligentes. 

Contatos de pós-venda não realizados

Uma das principais tendências que apreciamos é a necessidade de manter uma relação comercial com cada cliente ao longo do ciclo de vida de seus veículos.

As concessionárias e oficinas mais bem sucedidas podem aproveitar todo o potencial de obras e peças sobressalentes que podem ser vendidas para cada cliente e, ao mesmo tempo, obter uma maior fidelidade.

Muitos não sabem como realizar esse tipo de estratégia, conhecido como “Marketing de Serviço”. Eles não contatam seus clientes e acabam realizando manutenção em outras concessionárias ou oficinas. Como resultado, não só eles perdem a oportunidade de fazer um trabalho, mas esse cliente começa a estabelecer uma relação comercial com outra empresa.

Recomendações:

Idealmente, o sistema da concessionaria ou oficina deve incluir ferramentas de marketing de serviços para automatizar o contato com cada cliente em tempo hábil.

Na falta disso, o revendedor deve analisar relatórios que permitem detectar todos os contatos não feitos com os clientes, para fazê-los. É vital ter uma política temporária porque um atraso no contato é motivo suficiente para perder uma venda.

Conclusão

O Gerente de Pós-Venda que aplica estratégias diárias de controle sobre o que acontece na oficina reduzirá a possibilidade de seu departamento perder dinheiro.

Se você tem ferramentas de monitoramento contínuo, como o Oficinas Online, você não precisa se preocupar em ficar 100% do tempo atento a qualquer vazamento porque o sistema fará muito deste trabalho.

 

Se você está interessado em conhecer a ferramenta que realiza o monitoramento contínuo entre em contato conosco.

Deixe uma resposta