Tendências em marketing para concessionárias e oficinas em 2018

Marketing para oficinas em 2018

Nos últimos tempos, vimos muitas mudanças no mercado e, principalmente, na forma de consumir. A partir desse novo panorama foi possível separar quatro tendências de marketing para concessionárias para os próximos anos, como:

  • as redes sociais se tornarão grandes aliadas — principalmente para oficinas e concessionárias que não contam com uma ferramenta única de branding;
  • a retenção de clientes ocorrerá em todas as áreas;
  • o cliente procurará por processos de compra, como Amazon e Apple, e os revendedores deverão estar cientes dessas mudanças.

Além disso, não podemos deixar de evidenciar o crescimento exponencial do marketing digital. Esse novo método certamente poderá ser o diferencial que falta para o seu empreendimento. Ficou interessado pelo assunto? Então, continue a leitura deste artigo e veja quais são as tendências em marketing para concessionárias e oficinas em 2018.

Como obter resultados por meio do marketing digital?

marketing digital tomou grandes proporções por conta das mudanças geracionais e tecnológicas. O cliente do mundo contemporâneo é uma pessoa que faz tudo por meio smartphone e, por conta disso, se acostumou com ações rápidas e sem a necessidade de contar com intermediários. Inclusive, é interessante destacar que:

  • 87% da população carregam seus celulares o tempo todo;
  • 71% dos consumidores de qualquer produto fazem buscas a partir do celular;
  • 62% reconhecem que a busca foi útil para a tomada de decisão;

A partir dessas informações, podemos perceber que o investimento nessa forma de marketing é importante, pois não dá mais para vender utilizando apenas formas tradicionais de publicidade.

Em 2017, os grandes revendedores de automóveis invadiram o mundo dos aplicativos, buscando agilizar o processo de vendas, fidelizar clientes e, principalmente, melhorar o relacionamento da empresa com seus consumidores.

Qual a importância da retenção de clientes?

A retenção de clientes pode ser comemorada como uma venda. Esse tema foi protagonista nos últimos dois anos e, para conquistá-lo, é preciso implementar estratégias de marketing de serviços.

A melhor maneira para conseguir fidelizar um cliente é estar sempre disponível para ajudá-lo quando for necessário. Contudo, não vá pensando que ele procurará sua empresa, pois, quando houver alguma dúvida, provavelmente ele utilizará o Google como mecanismo de pesquisa para encontrar uma solução.

Então, como estar preparado? Bom, o ideal é criar uma série de conteúdos que sejam capazes de solucionar as dores de seus clientes. Para tanto, é preciso conhecer seu público-alvo a fundo, identificando suas principais necessidades e questionamentos.

Dessa forma, sempre que ele procurar por uma determinada informação, ele encontrará a sua página. Assim, sua empresa se tornará reconhecida no mercado, por ter autoridade sobre esse assunto.

Em termos digitais, essas práticas podem ser interessantes. Contudo, não se pode abrir mão de um bom atendimento, da utilização de materiais de qualidade e da prestação de um serviço que atenda às expectativas dos consumidores.

Como criar conteúdos?

Certamente, você deve estar pensando: como criar conteúdos que vão atrair clientes para a minha página e, principalmente, que poderão comprar meus produtos?

Todos esses aspectos podem ser simplificados em um único conceito: conteúdos relevantes. Para criá-los é preciso conhecer o perfil de seus consumidores, identificando os tópicos que eles têm interesse em saber mais e dúvidas que eles possam ter.

Muitas empresas já investiram em marketing digital, mas não o fizeram da maneira correta. A forma adequada se dá pela produção de conteúdos relevantes, que sejam de qualidade, em detrimento da quantidade (menos conteúdos, porém mais impactantes).

Então, o processo de produção de conteúdo deve ser estratégico, buscando identificar os assuntos que trarão volume de visitas, que estejam dentro da jornada de compra e, principalmente, que se transformem em resultados.

Empresas que começaram com a devida estratégia estão utilizando a otimização de conteúdos, evitando retrabalho e alinhando os documentos com as atualizações dos algoritmos dos mecanismos de busca — vale a pena investir, não é mesmo?

E os vídeos?

Podemos dizer que os vídeos não fazem mais parte das tendências de marketing, pois já são considerados uma estratégia consolidada. Contudo, no Brasil, esse tipo de marketing ainda está em desenvolvimento.

Segundo pesquisas, conteúdos com vídeos incorporados são capazes de aumentar 53 vezes as chances de um bom ranqueamento no Google, quando comparado com textos tradicionais — fantástico, não é mesmo?

É válido dizer que a tendência de marketing para concessionárias nos próximos anos é a realização de transmissões ao vivo, também conhecidas como lives. Essa situação reflete a necessidade dos consumidores de interagir com quem fala, enquanto assistem a um vídeo.

Sites como YouTube, Facebook e Instagram, por exemplo, já oferecem ferramentas para a realização de transmissões ao vivo, facilitando a utilização desse tipo de recurso.

É preciso lembrar que essas transmissões não exigem tanta infraestrutura, como é necessário em um canal de televisão. É possível utilizar um computador ou um celular, com uso de acessórios simples, como microfones e iluminação, se necessários.

Por fim, é possível afirmar que o Facebook e o Instagram já deixaram claro que pretendem focar no formato audiovisual. Certamente, os anúncios realizados nessas redes sociais também terão de se adaptar. Então, não perca tempo!

Investir em automação vale a pena?

Como destacamos, os clientes estão cada vez mais independentes, resolvendo seus principais problemas pela palma de sua mão. Ter ciência disso e aliar esse conceito à automação pode trazer grandes vantagens para a sua concessionária.

Algumas atividades simples podem ser automatizadas e, certamente, farão toda a diferença nesse processo. Veja, a seguir, alguns exemplos:

  • envio de lembretes dos próximos serviços de manutenção;
  • envio de sugestões de serviços preventivos;
  • aviso de ofertas e promoções;
  • recomendação de trabalhos sazonais.

Qual o impacto que o marketing de relacionamento pode trazer em meu negócio?

As práticas listadas no tópico anterior podem ser recursos utilizados para melhorar o relacionamento com o cliente. Esse, por sua vez, é essencial no processo de fidelização, pois os consumidores passarão a enxergar a sua empresa como uma autoridade no assunto.

Assim, sempre que for necessário, eles entrarão em contato com seus analistas e consultores, buscando soluções para os seus problemas. Obviamente, esses profissionais devem saber conduzir a situação e, quando oportuno, vender um de seus produtos.

Já existem algumas opções de programas capazes de melhorar o relacionamento de clientes com um negócio. A utilização de um software CRM, por exemplo, pode ser interessante.

Esse programa permitirá o acompanhamento de todos os leads gerados pela sua empresa, facilitando a execução de ações personalizadas para cada um deles. Assim, a jornada de compra será mais simples de ser cumprida.

Outra característica é a automação de marketing, que tornará mais fácil conseguir o engajamento e, consequentemente, fechar novas vendas. Pense nisso!

Uma maneira interessante de contar com as principais estratégias de marketing digital e estar sempre por dentro das tendências de marketing para concessionárias para os próximos anos é contar com empresas especializadas no assunto, como a Fronter.

A Fronter é pioneira em marketing de relacionamento e tem funções que permitem o aviso automático que cada carro, motocicleta, caminhão ou máquina durante o ciclo de vida, além da possibilidade de enviar campanhas selecionando o modelo específico de veículo.

Para começar a implementar essas estratégias de marketing para concessionárias sem hesitação, consulte todo o material em que trabalhamos durante esse ano no nosso blog: posts e dicas para te ajudar a implementar.

O Fronter CRM possui ferramentas, produtos e serviços para abordar cada uma das principais características que citamos! Vamos conversar?

Deixe uma resposta