4 Dicas Para Concessionárias e Multimarcas em 2018

concessionárias e multimarcas em 2018

Novembro e dezembro são meses em que as concessionárias e multimarcas começam a analisar e tirar conclusões do desempenho que tiveram ao longo do ano, mas, mais importante, encontram-se com a necessidade de conhecer as tendências do próximo ano para obter sucesso.

Considerando que a concorrência entre oficinas multimarcas e concessionárias tem sido grandemente aprimorada nos últimos anos e grandes empresas do ramo estão se aprimorando, é muito importante acompanhar essas mudanças para atender às demandas do mercado. Mas como fazer isso? Ou quais os passos a seguir para um novo ano de sucesso?

4 pontos para concessionárias e multimarcas em 2018:

Concentre-se na satisfação do cliente

Os consumidores se baseiam mais na relação entre a empresa e eles. Fora isso, já existem muitos exemplos de marcas que exigem manter um nível de satisfação com cada cliente, sugerindo melhorias no serviço e na tecnologia implementada. Isso exige que os processos dos mecânicos e gerentes, sejam práticas profissionais que garantam excelência no atendimento ao cliente.

Concentrar-se na satisfação demonstra que as concessionárias e multimarcas oferecem a melhor experiência do cliente e, normalmente, são as mais rentáveis, mais prestigiadas e as mais bem posicionadas. Se você não tem um plano para medir e melhorar a satisfação de seus clientes, o próximo ano é uma boa desculpa para começar.

Profissionalize cada processo

As complexidades da indústria, somadas ao aumento da demanda dos clientes, tornam a profissionalização dos processos de trabalho necessários . O turbilhão de trabalho em uma mecânica leva a erros e perda de dinheiro por não ter os processos padronizados.

Ao longo de nossa experiência trabalhando com oficinas e concessionárias, percebemos que, embora pareça óbvio, nem todos conseguem profissionalizar todos os seus processos porque envolve um trabalho de organização, documentação e reeducação de todos os funcionários. Muitas vezes, algumas áreas são mais organizadas do que outras, mas o importante é ter um plano para implementar novos processos e revisar os anteriores todos os anos. A longo prazo, isso fará uma diferença significativa entre concorrentes.

Analise dados

Diariamente são gerados milhares de dados que servem para indicar o estado real do negócio, traçar tendências e indicar pontos que poderiam ser melhorados. O sistema da Fronter possui ferramentas de visualização de dados intuitivos e fáceis de ler, mas precisam de alguém dedicado a analisá-los para tomar decisões que estão à frente dos problemas e que permitem aprimorar processos efetivos e lucrativos.

Os gerentes que incorporam esses perfis para suas empresas terão uma ferramenta diferenciada que lhes proporcionará uma bússola para saber onde ir, detectar pontos fracos e, a partir daí, desenhar planos de ação para melhorar seu posicionamento e rentabilidade.

Incorporar estratégias de marketing digital

Conforme detalhado no Global Automotive Report 2017, 85% dos gerentes do setor estão convencidos de que a maioria das vendas virá de estratégias digitais e não mais da venda tradicional no showroom. Isso nos obriga a considerar qual é a política comercial que as concessionárias e multimarcas têm na Internet.

Se a sua oficina ainda não tem uma presença mínima nas redes, isso pode ser considerado totalmente fora do principal ecossistema publicitário.

Estes quatro pontos são o eixo que seguirá a indústria automotiva e que será parte da lista de prioridades das grandes concessionárias. Não só importa ter o sistema certo, mas também entender onde o mercado está indo e quais são os hábitos dos clientes.

Deixe uma resposta