7 Indicadores de Pós-venda e Equipe Para Oficinas e Concessionárias (Parte II)

indicadores-de-eficiencia

Como duplicar a eficiência da oficina?

A minha mecânica é eficiente e produtiva? Manter um registro de tudo o que acontece no Departamento de Serviço é uma das chaves dos revendedores bem-sucedidos. Neste post, analisaremos o indicador para detectar a eficiência da mecânica.

Caso ainda não tenha visto a primeira parte deste post, clique AQUI

Indicador 4: Eficiência da oficina

Muitos donos de oficinas estão se perguntando como tornar-se mais eficiente e, em alguns casos, tomam medidas imprudentes, como contratar mais funcionários ou investir dinheiro em mais infra-estrutura. No entanto, a resposta está em uma estratégia de três passos:

-Medir

-Interpretar

-Melhorar

O Indicador de Eficiência do Oficinas Online permite saber se os colaboradores são eficientes, ou seja, se o tempo que eles investem em serviços é rentável para a oficina ou concessionária e, portanto, não gera perdas. Mas como fazer esse cálculo?

Eficiência dos Colaboradores (%) = Horas Vendidas / Horas Disponíveis

(quantas horas estão disponíveis = quantidade de mecânicos * horas em que a oficina esta aberta por semana)

Na tabela a seguir, analisa-se o caso de um revendedor, que das 400 horas que ele tem disponível de seus mecânicos, ele faturou apenas 160 horas. Seu índice foi alarmante e indicou que mais de metade das horas de seus técnicos perderam-se em tarefas que não foram cobradas.

Baixa eficiência

Alta eficiência

Horas Disponíveis

400 400

Horas Vendidas

160 450

Índice

40% 112.5%

Faturamento mensal

R$30,250 R$68,000

Diferença

+ $37,750

Para enfrentar esta situação, ele teve que adotar duas novas estratégias: foi sugerido para ele implementar práticas e hábitos para medir e conhecer tudo o que aconteceu dentro da oficina. Para registrar tudo o que cada trabalhador fez na oficina, ele implementou o módulo de Serviços do Oficinas Online.

Relógio de trabalho: é uma ferramenta que permite que a mecânica registre o tempo investido em cada trabalho e, além disso, as horas dedicadas a tarefas gerais que não são faturadas. A mecânica marca o tempo de início e término de cada serviço na oficina e o Gerente pode monitorar o uso das horas.

Os dados obtidos permitiram que ele detectasse a baixa eficiência. E assim ele foi capaz de implementar uma série de práticas para melhorar isso:

-Treinamento de mecânicos;

-Melhorias na organização da oficina (processos claros e ordenados);

-Implementação de tecnologias de pós-venda, gerando mais demanda e fidelizando os clientes;

O resultado dessas práticas foi o aumento do volume de negócios mensal da oficina sem a necessidade de expandir a equipe ou a estrutura da oficina.

CONCLUSÕES

O indicador que foi abordado neste post foca no trabalho dos mecânicos dentro da oficina. No caso de índices baixos, o revendedor deve estudar o comportamento e, com base neles, tomar medidas para melhorar:

-Treine os colaboradores para que funcionem melhor.

-Tenha estoque e ferramentas para que os colaboradores não demorem em seu trabalho.

-Assista o que acontece na oficina.

-Treine seus mecânicos para vender mais serviços.

“A eficiência da oficina é composta por comportamentos, habilidades e hábitos dos funcionários dela própria. Para melhorar a eficiência, é importante detectar cada um deles para saber se é necessário corrigir ou qualificar. O índice começará a melhorar gradualmente, bem como o volume de negócios e lucros.”

Se você gostaria de conselhos para calcular seus indicadores e melhorá-los, entre em contato conosco.