Como fazer uma análise financeira para medir o desempenho do negócio?

Para fazer uma análise financeira da organização, o gestor deve ter em mente que esse estudo baseia-se no monitoramento de fatos e de resultados empresariais relacionados ao crescimento, equilíbrio econômico e financeiro e indicadores econômicos.

Nesse cenário, uma análise financeira correta requer que os indicadores da empresa estejam sempre atualizados. Além disso, o empreendedor deve estar consciente de que ações comerciais, administrativas, operacionais e técnicas impactam diretamente na performance econômica empresarial.

Pensando em tudo isso, este post vai ensinar você a fazer uma análise da situação financeira a fim de medir a saúde e o desempenho atual do seu negócio. Acompanhe!

Qual o conceito de análise financeira e como fazer?

A análise financeira é uma avaliação de estabilidade, viabilidade e capacidade de lucro de uma empresa ou de um projeto. Ou seja, por meio de métodos de estudo, é realizado um diagnóstico que permite avaliar a saúde financeira de seu negócio ou até mesmo validar um novo projeto dentro da organização.

Para fazer esse estudo, é preciso levantar alguns dados de crescimento e equilíbrio econômico, além de identificar e acompanhar os indicadores que vamos listar agora.

Quais dados de equilíbrio econômico devo acompanhar?

Os dados de equilíbrio econômico são os primeiros indicadores avaliados na análise financeira. Conheça-os!

Faturamento periódico

Trata-se do monitoramento diário das vendas.

Custos fixos

São os custos relacionados à estrutura, como conta de luz, pagamento dos funcionários e tudo que estiver relacionado à existência ou manutenção do negócio. Na análise, é importante que esses custo sejam identificados e que sejam feitas ações para minimizá-los ao máximo.

Custos variáveis

Relacionados às vendas de produtos ou serviços. Considere, por exemplo, latas de refrigerante. Quanto maior a demanda por refrigerantes, mais a empresa necessita de latas.

Margem de contribuição

Quanto maior a margem de contribuição, melhor a saúde de sua empresa ou a viabilidade de um projeto.

Lucro operacional

Representa o lucro depois de subtraídos os custos fixos e variáveis.

Preço de vendas

Os preços de venda têm impacto na lucratividade. Dependendo do resultado da análise, vale a pena repensar os preços de um produto ou serviço.

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa deve ser avaliado com base nas informações operacionais e, também, nas negociações de compra e venda.

E quais informações sobre crescimento?

Os dados a seguir referem-se ao crescimento patrimonial da empresa e devem ser avaliados pelo patrimônio líquido. Fique de olho!

Índice de liquidez

É a análise da capacidade de pagamento da empresa perante suas obrigações.

Índice de endividamento

Nessa fase, deve ser feita a análise do capital próprio versus o de terceiros, como bancos e fornecedores.

Índice de rentabilidade sobre vendas

Esse índice está relacionado às vendas com o lucro operacional

Índice de atividades

Prazo médio de recebimento e prazo médio de pagamento.

Como vimos, a análise financeira é um indicador de extrema importância para a tomada de decisões do gestor e, por isso, deve ser feita regularmente e acompanhada de perto. Esse estudo é fundamental para avaliar a saúde financeira de um negócio, projetos para investir ou para evitar, mudanças no planejamento empresarial e muito mais.

Gostou deste texto sobre como fazer uma análise financeira? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter e receba as nossas atualizações diretamente em seu e-mail!